Áreas destinadas ao cultivo de cevada e canola aumentam no RS

Culturas típicas de inverno, a cevada e a canola têm ganhado cada vez mais espaço nas lavouras do Rio Grande do Sul. Em 2017, 5,6 mil hectares de área devem ser destinados ao cultivo de cevada, 16,56% a mais do que no último ano. Cerca de 90% das lavouras se concentram na Região Norte do estado.

A indústria cervejeira tem contribuído para o aumento: duas maltarias estão instaladas no Rio Grande do Sul – uma em Porto Alegre e outra em Passo Fundo.

“Como ela tem um destino específico, toda a produção que existe no estado e no Sul do país, hoje, é sob contrato. Isso traz uma importante vantagem para o produtor de cevada. Quando ele vai plantar, ele já sabe por quanto, eventualmente, vai vender essa cevada se atingir o padrão de qualidade”, explica o pesquisador Euclydes Minella.

Mesmo assim, ainda falta produção para dar conta da demanda. O estado precisaria expandir a área para 100 mil hectares e chegar a 300 mil toneladas de produção.

Fonte: G1 – RS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *