Alcides Torres, diretor da Scot Consultoria, analisa o mix de mercado que o boi atende

“O preço de venda do boi gordo independe do custo de produção. A cotação da arroba varia de acordo com a oferta e a demanda de boiadas e é esse dinamismo que estabelece se a disponibilidade de gado vigente é suficiente para pagar o custo e gerar excedentes para compor o lucro”. Está é a análise de Alcides Torres, diretor da Scot Consultoria e presidente da Associação dos Profissionais da Pecuária Sustentável (APPS), que fará a palestra ‘Quantos Mercados um Único Boi Pode Atender?’, no dia 20 de setembro de 2016, às 15h, na 9ª Interconf 2016, o maior evento da pecuária intensiva da América Latina, em Goiânia (GO).

Alcides Torres explica que uma carcaça de excelente qualidade visual não necessariamente tem todos os cortes destinados ao mercado “gourmet”. “Um bom acabamento de carcaça facilita a vida do frigorífico, pois abre a possibilidade de atender a mercados variados. Uma carcaça mal acabada funciona exatamente ao contrário”.

Valor da arroba do boi ao produtor, carcaça de qualidade e o impacto gerado quando há remanejamento de volumes de carne não comercializadas são alguns dos assuntos abordados pelo presidente da Scot Consultoria.

“Quando falamos do remanejamento advindo de carne, cujo destino é o mercado exterior e que, por alguma razão não foi aceita pelo comprador no destino, o impacto é o aumento de custo e até a realização de prejuízo. Para suportar esses efeitos, somente com uma gestão profissional de riscos”, ressalta o especialista.

A 9ª Conferência Internacional de Pecuaristas (Interconf) acontecerá no Oliveira´s Place, em Goiânia (GO), entre os dias 20 e 22 de setembro e deverá reunir mais de 2 mil produtores, técnicos, consultores e empresários.

Mais informações e inscrições: www.interconf.org.br

Fonte: Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *