Assocon destaca a importância do aumento no volume de contratos futuros de boi gordo

A Assocon – Associação Nacional de Pecuária –, entidade da cadeia produtiva de carne bovina, participou de reunião da Câmara Consultiva de Boi Gordo da BM&F Bovespa, juntamente com pecuaristas independentes, frigoríficos, corretoras, entidades do setor e agentes financeiros, para discutir ações para aumentar o volume de negócios futuros do boi gordo na Bolsa.

“Esta é uma  ferramenta fundamental para a pecuária brasileira como um todo e devemos estimular o seu uso. Os pecuaristas entendem as vantagens de ter um indicador confiável para poder programar o seu negócio. Cabe a cada um optar por utilizar contratos futuros de boi gordo na BM&F Bovespa, a fim de se proteger das oscilações do mercado”, ressalta Fernando Saltão, executivo da Assocon.

Atualmente, o volume de negócios futuros na BM&F Bovespa representa cerca de 44% do número total de abate anual. “Ainda há muito espaço para crescimento dos contratos. Quando comparamos com mercados globais de commodities maduros, os volumes são de 5 até 30 vezes o total da safra”, destaca Saltão.

A reunião foi coordenada por Maria Stela Damha (Pecuária Damha), presidente da Câmara Consultiva de Boi Gordo da BM&F Bovespa, reeleita para o mandato de 2016/2017.

Fonte: Assocon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *